IPPE 2018 - 09.01.2018

AB Vista apresenta tecnologias de nutrição alimentar na IPPE 2018

Empresa salienta o uso de fitase para garantir melhorias nas aves

- Foto: O Presente Rural

A AB Vista apresenta na IPPE (International Production & Processing Expo) 2018, em Atlanta, EUA, tecnologias que vão melhorar a produção de aves, obtendo o melhor resultados para os produtores.

Atualmente, as empresas estão buscando um melhor direcionamento nutricional e esse é o ponto a ser trabalhado para se manter no mercado global. As pressões por alterações na formulação, diminuindo a vinculação de antibióticos na alimentação, e fazendo uma troca por produtos mais saudáveis e com menos agressão ao meio ambiente.

"Os próximos 10 anos prometem ver mudanças nas práticas da indústria, pois as pressões para reduzir a dependência de antibióticos, mas manter a eficiência da produção, nos levam a um grau de precisão ainda maior na entrega de nutrientes com uma contaminação mínima antinutriente" - Mike Bedford, diretor de pesquisa e desenvolvimento, AB Vista.

 

O destaque no uso de enzimas

No setor de enzimas, a fitase teve seu destaque nos últimos 10 anos, apresentando diferentes formas de aplicação. Com o uso crescendo substancialmente nos últimos dez anos, tradicionalmente a fitase foi usada para liberar fósforo, mas agora os fabricantes de alimentos são muito mais conscientes dos chamados "efeitos extra fosfóricos" que podem ser explorados visando a degradação completa do nível de fitato da dieta. Dentro do setor de enzimas como um todo, pode ser que os efeitos secundários começam a ser vistos como importantes como os efeitos primários, sendo a libertação de inositol um exemplo.

Um melhor conhecimento dos fatores limitantes dentro da dieta, sejam fatores antinutricionais ou variação dentro das matérias-primas, pode melhorar a forma como os produtos como a fitase são aplicados, para aproveitar as oportunidades que, de outra forma, poderiam ser perdidas ou não realizadas.

O fitato está presente em todos os alimentos à base de plantas e é conhecido por se ligar com proteínas e minerais na dieta, reduzindo a digestibilidade e a utilização de nutrientes importantes fornecidos. Uma melhor compreensão do nível de fitato dentro das dietas pode fornecer uma melhor imagem do que está acontecendo dentro do animal, ajudando os produtores a gerenciar quaisquer efeitos antinutricionais.

Ao usar uma fitase com alta afinidade com fitato, como o Quantum Blue, várias opções para a aplicação de fitase estão disponíveis, dependendo se o objetivo final é aumentar o desempenho ou reduzir os custos de alimentação. Ter uma compreensão do nível de fitato abre mais oportunidades para os produtores aplicar fitase e extrair ainda mais valor de seus alimentos.

"Há quatro ou cinco anos, as pessoas usavam fitase para libertar fósforo. Agora, nós entendemos mais sobre o fitato e sua influência nos nutrientes, bem como no desempenho animal, e podemos formular dietas com base em destruição de fitato mais completa e fornecimento de nutrientes além do fósforo. "- Carrie Walk, Gerente Senior de Pesquisa, AB Vista.

Para descobrir como o AB Vista pode ajudá-lo a identificar oportunidades de melhoria em todo o seu processo de produção, visite o stand da empresa no IPPE: Hall C, cabine C 2569.

Fonte: Ass. de Imprensa

SHOW RURAL 2018

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.

SHOW RURAL 2018PORK EXPO 2018ACSURS