Opinião - 13.09.2017

Informação para o agronegócio

Objetivo do evento é levar informações técnicas e gerenciais aos produtores rurais a fim de que possam otimizar as margens de sua atividade

- Divulgação/Assessoria

Artigo escrito por José Zeferino Pedrozo, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de SC (Faesc) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC)

O setor primário da economia está sujeito a muitas variáveis - mudanças climáticas, volatilidade de preços das commodities, taxa de câmbio, política agrícola etc. – enfim, muitos são os fatores que influenciam a atividade e repercutem em sua viabilidade. A informação é o único instrumento para reduzir as incertezas e ampliar a possibilidade de sucesso. Por isso, é essencial que os produtores e empresários rurais estejam sempre bem informados sobre a conjuntura dos mercados nacional e mundial.

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil e a Federação da Agricultura e Pecuária de Santa Catarina estão atuando na produção de informações confiáveis e de qualidade através do projeto Campo Futuro, que abriga a atividade chamada Dia de Mercado. Dentro dessa linha de ação, dirigentes, produtores e empresários rurais estarão reunidos em Chapecó nesta sexta-feira (dia 15), para uma ampla programação do 5º Dia de Mercado de Grãos.

O objetivo do evento é levar informações técnicas e gerenciais aos produtores rurais a fim de que possam otimizar as margens de sua atividade. As palestras trazem para o debate temas relevantes, como a conjuntura do mercado mundial de grãos e seu impacto nos preços dos produtos em Santa Catarina.

O projeto Campo Futuro levanta informações por meio de painéis realizados nas principais regiões produtoras. Consiste em uma reunião técnica in loco, com a participação dos agentes da cadeia produtiva (produtores, técnicos da agroindústria e representantes de lojas de insumos), para definição de uma propriedade modal. Após a realização dos painéis, as matrizes de custos e as informações sobre as receitas médias são atualizadas mensalmente pelas instituições parceiras.

Na sequência, os Dias de Mercado geralmente são desenvolvidos nas regiões onde foram promovidos os painéis de levantamentos de custos de produção. A programação desses seminários segue uma lógica que apresenta a realidade da região, comparando-a com o resto do Brasil e destacando suas potencialidades e gargalos. Na sequência, especialistas levam a esses produtores o que há de mais atual em cada cultura analisada. É assim, com informação e capacitação que o agronegócio brasileiro avança.

É necessário investigar o quadro econômico para notar a chance de mudanças na economia brasileira e nos países desenvolvidos. O planejamento financeiro, o controle de custos, a estratégia de venda e gestão são as áreas onde o produtor tem o maior espaço de manobra porque o cenário de formação do preço também depende do abastecimento mundial e nacional. Em resumo, a informação tornou-se cada vez mais importante para a gestão estratégica da agricultura e do agronegócio.

Fonte: Assessoria

Farmácia na Fazenda

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.

Farmácia na Fazenda