Gestão dos insumos agropecuários - 24.07.2017

A boa gestão dos insumos agropecuários é uma ótima ferramenta de controle na administração rural

A gestão inadequada dos insumos nas propriedades agropecuárias leva ao desperdício de materiais, estoques desregulados, produtos com prazos de validade vencidos ou até mesmo ausência de medicamentos no momento de emergência que pode comprometer a v

- Foto: O Presente Rural

Guilherme Augusto Vieira - Foto: Divulgação  -

Guilherme Augusto Vieira[1]

Caro Leitor,

Infelizmente, em grande parte das empresas rurais que trabalham com a produção pecuária ( corte e leite) e demais produções animais ( aves, suínos, piscicultura) nos vários não se observa uma previsão anual, um planejamento de compras, escolha de fornecedores, manutenção de estoques e outros requisitos para um bom funcionamento da fazenda, ou seja, não se vê uma boa gestão e administração de materiais , que em produção animal denominamos de insumos.

 A gestão inadequada dos insumos nas propriedades agropecuárias leva ao desperdício de materiais, estoques desregulados, produtos com prazos de validade vencidos ou até mesmo ausência de medicamentos no momento de emergência que pode comprometer a vida dos animais levando a graves prejuízos financeiros.

Embora essa realidade esteja mudando com o advento da profissionalização das produções pecuárias, observado principalmente na avicultura, suinocultura, bovinocultura de corte (genética, intensiva) e alguns produtores de leite, o que se nota é uma gestão amadora na compra dos insumos para a produção pecuária, principalmente os medicamentos e demais produtos agropecuários.

A atividade de gestão de insumos, conhecida em Administração, como Administração de Materiais (gestão de compras e suprimentos) , tem o objetivo de determinar quando (momento de realização de compras) e quanto ( quantidade) adquirir os insumos, reposição de estoques, o preço pago pelos insumos além de cuidar da relação com os fornecedores.

Ao implantar a gestão de insumos em sua empresa rural ( fazenda,, granja ou haras), o produtor deve fazer um inventário dos insumos presentes na  e implementar o controle de estoques.

A organização é a principal função do controle de estoques, pois evita o acúmulo de produtos ou a falta deles na farmácia. Garante também o controle financeiro e a distribuição melhor do espaço presente na fazenda.

O controle físico e financeiro de estoque tem como objetivo básico informar a quantidade disponível de cada item existente na Fazenda, seja medicamento, seja carrapaticida ou equipamentos. Quanto essa quantidade de produtos significa em valores monetários e o quanto impacta no custo de produção da propriedade. Por fim deve-se elaborar a ficha de controle de estoques.

A próxima etapa do processo é elaborar a atividade de compras dos insumos.

As atividades agrícolas e pecuárias são realizadas de acordo com um ciclo anual. O ciclo anual está diretamente ligado ao ciclo biológico e ao fator clima, conseqüentemente tem se a safra e a entressafra.

Ao se delinear a programação de compras na propriedade agropecuária deve-se fazer  de acordo a programação de atividades que serão realizadas ao longo do ano pecuário ou ciclo de produção. Esta programação de atividades é fundamental para o manejo, aplicação de vacinas, vermífugos, reforma e implantação de pastagens  e demais aspectos operacionais na propriedade.

Ao adotar esta prática, o empresário rural evitará desperdícios e compras desnecessárias. Também, caso tenha sua programação anual, poderá comprar seus insumos  com antecedência e conseguir melhores preços.

A outra etapa a ser implementada é a escolha de fornecedores. Este aspecto é de suma importância para o fornecimento de produtos e medicamentos veterinários. Deve-se estabelecer uma relação de confiança entre produtor e fornecedor.

Muitas vezes esta relação já existe, principalmente quando o proprietário não mora na fazenda e o funcionário precisa de um determinado produto e o ‘patrão’ paga no final do mês.

Um dos principais critérios que deve ser priorizado é a localização geográfica e também o pronto atendimento ás necessidades. Não se deve esquecer que em produções pecuárias pode surgir um surto de uma determinada doença, não se ter o medicamento em estoque compromete a saúde do rebanho, e um fornecedor localizado estrategicamente vai lhe beneficiar nesta questão

Diante do que foi apresentado, a Qualyagro - Farmácia na Fazenda elaborou a Planilha de Gestão de Insumos da Produção Pecuária.

A planilha foi elaborada, em uma base anual, com controles mensais e diários, fundamentando-se na quantidade de animais presentes na produção, no planejamento, inventário dos insumos, controle de estoques, compras e reposição de estoques, contato com fornecedores, orçamento.

A planilha tem a finalidade de auxiliar o empresário rural no controle dos insumos e dos custos da sua produção.

 

Caso deseje conhecer a nossa planilha, envie-nos um email para contato@farmacianafazenda.com.br ou visite nosso site: http://farmacianafazenda.com.br/planilhas/

Lembre-se sempre ter um controle das compras e do estoque dos insumos exprime cuidar do seu dinheiro.

 


[1] Médico Veterinário, Doutor em História das Ciências, Professor da UNIME/UNIFACS, Colunista do Presente Rural, Proprietário da Qualygaro – Farmácia na Fazenda Consultorias & Treinamento, contato@farmacianafzenda.com.br

Fonte: Guilherme Vieira

Maxsui

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.

Congresso de Mulheres do AgroCBNAMaxsuiFarmácia na FazendaNOXONCBQL